!!> BOOKS ✯ Dispersão ⚡ Author Mário de Sá-Carneiro – Natus-physiotherapy.co.uk



10 thoughts on “ Dispersão

  1. says:

    Sem se sentir completo neste mundo,Pelo parco amor pr prio ou expresso por outro,M rio S Carneiro n o se rev no seu eu profundoE mendiga qualquer esmola a um Deus neutro.Roga pela sua desintegra o total,Numa explos o de mol culas alienadasQue, sem o cimento, se resumem a nadasAfundadas num vazio abissal.Dos olhos, as l grimas secas j n o ca am,Da boca, as palavras pe...


  2. says:

    em Paris,1913 Perdi me dentro de mim Porque eu era labirinto E hoje, quando me sinto com saudades de mim.Passei pela minha vidaUm astro doido a sonhar.Na nsia de ultrapassar,Nem dei pela minha vidaPara mim sempre ontem,N o tenho amanh nem hoje O tempo que aos outros fogeCai sobre mim feito ontem O Domingo de ParisLembra me o desaparecidoQue sentia comovidoOs Domingos de Paris Porque um domingo fam lia, bem estar, singeleza, E os que olham a belezaN o t m bem estar nem fam lia.O pobre mo o das nsias Tu, sim, tu eras algu m E foi por isso tamb mQue me abismaste nas nsias.A grande ave doiradaBateu asas para os c us,Mas fechou as saciadaAo ver que ganhava os c us.Como se chora um amante, Assim me choro a mim mesmo Eu fui amante inconstante Que se traiu a si mesmo.N o sinto o espa o que encerroNem as linhas que protejo Se me olho a um espelho, erro N o me acho no que projeto.Regresso dentro de mimMas nada me fala, nada Tenho a alma amortalhada,Sequinha, dentro de mim.N o perdi a minha alma,Fiquei com ela, perdida.Assim eu choro, da vida,A morte da minha alma.Saudosamente recordoUma gentil companheira...


  3. says:

    COMO EU N O POSSUOOlho em volta de mim Todos possuem Um afecto, um sorriso ou um abra o.S para mim as nsias se diluemE n o possuo mesmo quando enla o Quero sentir N o sei perco me todoN o posso afei oar me nem ser eu Falta me ego smo pra ascender ao c u,Falta me un o pra me afundar no lodo.N o sou amigo de ningu m Pra o serFor oso me era antes possuirQuem eu estimasse ou homem ou mulher,E eu n o logro nunca possuir Castrado d alma e sem saber fixar me,Tarde a tarde na m...


  4. says:

    perdi me dentro de mimporque eu era labirintoe hoje quando me sinto com saudade de mim lindas poesias, bel ssimas imagens.


  5. says:

    Quero dormir ancorar


  6. says:

    Nem pio nem morfina O que me ardeu, Foi lcool mais raro e penetrante s de mim que eu ando delirante Manh t o forte que me anoiteceu.


  7. says:

    Ao longo das curtas p ginas deste livro, que foi, na maioria, escrito no espa o de uma semana, fica nos o desespero do poeta Procura se e n o se encontra e volta se a perder em si mesmo M rio de S Carneiro escreveu o com 22 anos, uns meros 3 anos antes de suicidar Estes versos j mostravam os dilemas e o estado de profunda depress o do poe...


  8. says:

    Ang stia e depress o Os versos s o esparsos e refletem a ideia de um g nio abstrato que n o se concretizou H dificuldade em escrev los Percebe se Mesmo assim, n o tem pena de si mesmo, pois uma lucidez toma conta do poeta em to...


  9. says:

    Grande livro Tem uma estrutura simples, mas uma complexidade de conte do enorme Se procuram um livro em verso que fale da procura do nosso eu e dos problemas em nos integrarmos no mundo, este o ideal


  10. says:

    Tenso


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

 Dispersão Best E Book, Dispers O Author M Rio De S Carneiro This Is Very Good And Becomes The Main Topic To Read, The Readers Are Very Takjup And Always Take Inspiration From The Contents Of The Book Dispers O, Essay By M Rio De S Carneiro Is Now On Our Website And You Can Download It By Register What Are You Waiting For Please Read And Make A Refission For You