Apaixonada por palavras Epub ✓ Apaixonada por PDF


Apaixonada por palavras [PDF] ✅ Apaixonada por palavras By Paula Pimenta – Natus-physiotherapy.co.uk Se você está com este livro em mãos e é uma pessoa com um mínimo de sensibilidade existem duas únicas opções ou já é apaixonada por Paula Pimenta ou irá se apaixonar Na crônica título des Se você está com este livro em mãos e é uma pessoa com um mínimo de sensibilidade existem duas únicas opções ou já é apaixonada por Paula Pimenta ou irá se apaixonar Na crônica título deste livro a autora se confessa Apaixonada por palavras O ue a Paula não pode confessar por modéstia ou timidez é ue ela é também apaixonante por meio das palavras Não é preciso mais do ue um parágrafo para Apaixonada por PDF or ue você seja arrebatado pelos encantos literários dela Nos romances das séries Fazendo meu filme e Minha vida fora de série Paula encanta com o cotidiano de seus personagens Já nas crônicas de Apaixonada por palavras o encantamento se dá pelo próprio dia a dia de Paula sua família seus amigos seus sonhos seus pensamentos suas viagens seus as suas paixões Aui a protagonista é a Paula Aui é o destino dela ue conta e ue se conta Aui nos identificamos com ela e torcemos por ela Aui nos apaixonamos não por um belo personagem inventado mas por uma bela pessoa de carne osso alma e claro palavras.


6 thoughts on “Apaixonada por palavras

  1. Amanda Ariela Amanda Ariela says:

    Esse livro engloba crônicas escritas por Paula Pimenta entre 2000 e 2009 O material foi publicado em 2012 uando eu comecei a lê lo e só agora terminei o em um esforço para acabar com meus livros lidos pela metadeConsigo ver e entender o poruê desse livro agradar tantas pessoas A escrita é leve simplista e aborda temas do cotidiano consigo ver minha mãe ou uma pessoa ue goste de temas menos complicados como minha avó gostando dessa leitura Mas eu não consegui deixar de encontrar os textos um tanto uanto medíocres na definição direta da palavra sem expressão ou originalidade; mediano pobre banal passávelEle é okzinho e tal mas não é My cup of tea 17 anos se passaram desde a publicação da primeira crônica 8 anos desde a publicação da última crônica no livro Muita coisa escrita ali em nosso uerido ano de 2017 poderia ser muuuuito problematizada e considerada até politicamente incorreta Só como exemplos Uma das crônicas é puro slut shaming e uma outra fala sobre uma menina ue largou o namorado para poder ficar em seu emprego no Rio de Janeiro e como isso de largar sua felicidade em nome do emprego é errado e blábláblá Nossa ue crime priorizar a carreira uma vez na vida né non? eye roll São peuenas coisas como essas ue me irritaram um bocado durante a leituraAcredito ue talvez a autora tivesse uma limitação no número de caracteres de cada texto porue a análise e a reflexão comuns ao gênero de crônica uase não acontecem aui É tudo bem bobinho bem preto no branco e o mundo tem tantas nuances ue apenas negar ue elas existem já me deixou irritada e com preguiça de seguir a leitura não fiuei cativada Se é para ler crônicas acho ue prefiro Eliane Brum ou Antônio PrataO ue salvou o livro de ganhar uma estrela só foi ue ao chegar ao final voltei ao texto de introdução e encontrei o seguinte trecho Li textos ue criei há mais de dez anos e me surpreendi ao constatar o uanto ainda me pareço com a pessoa ue eu era em alguns aspectos Mas também o uanto sou diferente agora em vários outros Porue as palavras permanecem congeladas enuanto o autor delas continua vivendo aprendendo mudando crescendo Por isso mesmo minha autocrítica teve vontade de editar várias dessas crônicas mas preferi apenas inserir a data pois apesar de atualmente pensar diferente sobre algumas coisas aueles pensamentos foram os ue estavam comigo em cada uma das fases ue já vivi e ue foram importantes para ue eu chegasse a uem hoje sou Ainda bem ue todo Pokemon evolui né?


  2. Blablabla Aleatório Blablabla Aleatório says:

    “É rara a ocasião em ue não estou com um livro por perto e mais raro ainda é o momento ue não estou com um bloco e uma caneta Sempre anotando pensando por escrito Porue se o amor à primeira vista aconteceu com as palavras lidas o mesmo e ainda mais forte aconteceu com as manuscritas”trecho da Introdução de Apaixonada por PalavrasPensar por escrito está aí um hábito ue tenho desde ue me entendo por gente e depois da classe de alfabetização e cadernos de caligrafia Pena ue minhas aventuras pelo mundo das palavras se restringem às minhas leituras e as anotações ue faço delas talvez se não tivesse largado o hábito de escrever crônicas lá no ensino médio conseguisse escrever uma crônica para falar das belas crônicas escritas por Paula O jeito é me contentar com meus arremedos de resenhasEm Apaixonada por Palavras podemos acompanhar a Paula de dez anos atrás ue já dava mostras da habilidade de “brincar” com as palavras e através delas falar de sonhos as saudades amizade e outros assuntos do seu mas ue também foram e ainda são do nosso cotidiano São nove anos de histórias nove anos de fotografias em palavras em sua maioria textos sobre amor e relacionamentos mas também há espaços para textos mais sérios e tristes e também para textos sobre períodos marcantes de sua vida como a história da publicação da Fazendo Meu Filme Depois de acompanhar o roteiro da vida da Fani começar a acompanhar a vida fora de série da Priscila e ler Apaixonada por Palavras cheguei a conclusão de ue a identificação com as obras da Paula é inerente Identificamo nos com seus personagens tão habilmente construídos em seus romances e também com a autora de carne e osso por trás deles ue nos é revelada em seu livro de crônicasContinue lendo em


  3. Carissa Carissa says:

    Sou suspeita para dizer algo sobre Apaixonada Por Palavras por diversos motivos Primeiro ue no início do ano eu me apaixonei pela escrita Paula ao ler o primeiro volume da série Fazendo Meu Filme E de lá pra cá só fiz gostar mais do ue a autora escreve Segundo ue sou uma grande fã de crônicas todas as resenhas ue fiz aui dos livros do maravilhoso Luis Fernando Veríssimo confirmam isso Terceiro eu também sou uma apaixonada por palavrasFazia algum tempo ue ueria ler algo mais adulto escrito pela Paula e esse livro foi uma maneira excelente de ver ue ela sabe escrever para todas as idades Os textos têm as datas e muitas vezes parece ue você está tendo uma conversa franca com a autora A escrita é clara e despretensiosa uma das maiores ualidades da escrita dela Coisas do cotidiano sentimentos variados sobre assuntos diversos É um prazer de ler Além disso o trabalho gráfico é lindo A capa é maravilhosa e eu confesso ue fiuei meio ue num jogo de caça palavras tentando achar as palavras escondidas na cara O trabalho de revisão da Gutenberg também é excelente Só não é melhor porue acaba muito rápido Em poucas horas você consegue terminar o livro Honestamente eu fiuei com gostinho de uero mais Espero ue lancem Apaixonada Por Palavras 2 Eu com certeza lerei


  4. Luiza Rodrigues Luiza Rodrigues says:

    O jeito como a figura feminina é retratada é machista Li o livro uando era mais nova e amei só percebi durante a releitura


  5. Gabriela Gabriela says:

    Meu objetivo é ler tudo ue a Paula escreve e embora eu tenha gostado desse livro acho ue o outro livro delas de crônicas é bem melhor Apaixonada por Histórias mas esse também tem sei brilho Obrigada Paulinha por mais esse livro


  6. Maah Blondie Maah Blondie says:

    I honestly hated this book That's all


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *